terça-feira, 17 de julho de 2012

Saudade do meu cantinho

Bom dia, meninas!!!

Que saudades estou do meu cantinho e de vocês. Que saudades estou de mim, daquela mulher que lutava pelas coisas que acreditava, que não se importava com as pedras que encontrava pelo caminho, das dificuldades que enfrentaria para conseguir realizar seus sonhos.

Hoje sou apenas uma pessoa conformada com aquilo que se tem, com a situação que se vive, sem sonhos, sem esperanças e sem vontade de lutar. Deixei o medo tomar conta de mim e, por mais que eu saiba que tenho capacidade intelectual, motora ou qualquer outra que precisar, para vencer os monstros que aparecem  na minha vida, fico acuada, encolhida dentro de mim.

Preciso de um alguém que em possa confiar e contar tudo o que se passa dentro de mim. Alguém que não vá me prejulgar, que escute o que eu tenha para falar e, que me encoraje a lutar, que me faça renascer, com a mesma vontade de viver que eu tinha antes e, que principalmente, me dê colo quando eu precisar.

Estou vivendo no meio da confusão que fiz, entre o SER, o TER e o QUERER. Não gosto do que SOU ou do que me tornei (uma pessoa fraca, conformada e submissa), não estou contente com o que TENHO (a vida sem regras, desorganizada e sem esperanças que me deixei viver) e, não consigo fazer nada por aquilo que eu QUERO (porque vivo acuada pelo medo das frustrações, quando na verdade, vivo no poço da frustração).

Se hoje, ao caminhar pela vida, eu encontrasse uma lâmpada mágica e pudesse fazer meus três desejos, pediria coragem, força de vontade e disciplina e, com certeza conseguiria retomar o controle do meu caminhar.

Mas, infelizmente, as coisas não são assim. Só me resta então, buscar dentro de mim, a força que preciso para mudar.

Um beijo enorme!!!

3 comentários:

Lyh Kirchner disse...

Oi Val
É incrível que essa conformidade parece que tomou conta de quase todas nós. Quando entro no blogger, não acho quase ninguém. Será que é uma apatia coletiva?
Vamos nos munir de uma boa lanterna e procurar dentro da gente o que tá faltando pra dar uma guinada nessa história.
Pelo menos uma pode apoiar a outra, conte comigo amiga
Beijos e coragem, sempre

Roberta Zero Cal disse...

Oi Val, eu estava com muita saudade de vc, dos seus post, de ter vc presente na blogosfera. Li o Que a Lyh Kirchner escreveu acima e concordo com ela, qdo entro na blogosfera eu não encontro mais ninguém da "velha guarda", aquelas meninas que eu conheci qdo iniciei o blog (vc é uma delas) e isto me faz pensar "será que estão todas magras ou todas desistiram?"

Olha, vc não pode se conformar assim não. Eu sei que é muito difícil mas temos sempre que arranjar forças láaaaa do fundo.
Hoje eu li um post bem legal, segue o link, quem sabe te ajude.

http://ccabstinente.blogspot.com.br/2012/07/zona-de-conforto-nao-vale-pena.html

Beijos

ALINE disse...

e vc vai consequir sim por que vc é muito muito do que tudo e do que pensa....acredite e vai q vc conseque...bjs