segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Eu bem que tentei resistir


Bom dia, meninas!!!!

Alguns nascem, outros optam, outros são forçados e muitos como eu, são contagiados por este vírus chamado CORINTHIANS PAULISTA.

Minha história é assim: nasci numa família Palmeirense, cercada de vô, pai, tios e primos todos torcendo pela verdão, mas queria ser diferente, queria ser do contra e, fui procurar um time para torcer e provocar o paizão (na brincadeira). Optei na época pelo São Paulo, time da minha madrinha querida, época de ouro com Raí, Telê Santana e o campeonato mundial. Odiava o Corinthians por causo do marido da minha madrinha (que não era o meu padrinho, diga-se de passagem).

Mas, quis os caminhos da vida que eu fosse namorar e casar com um corinthiano roxo (que não admite que seja) e, depois de muita briga, picuinha e TV que só passava jogo do Corinthians ... fui contagiada por este vírus, que mudou meu DNA e me transformou em mais uma do bando de loucos que torcem por este time.

Hoje, acho que sou até mais corinthiana que o resto do povo aqui de casa, conheço o time todo, os cânticos, os dias dos jogos, o placares e, por isto... valeu, valeu mesmo acordar cedo, roer unha, sofrer, coração na boca e vestir a camisa deste time que mexe com os nossos corações.

Parabéns Timão, obrigada por ter deixado toda uma nação de alma lavada.


******

Mudando de assunto:

Quem assistiu ontem o último episódio do Medida Certa - o Fenômeno? Pois é gente, ele me inspirou e de certa forma, me deixou cheia de vergonha por não ter tido a coragem ainda de fazer como ele, mas ao mesmo tempo, cheia de vontade. Valeu Ronaldo, por mostrar que todo mundo é capaz.

Aqui por casa, tudo indo muito. Ainda não consegui terminar de organizar a casa, os meninos ficaram de recuperação e a semana passada foi punk. Um tal de vai pra lá e vem pra cá, porque as horas das aulas eram diferentes e, como a escola não é muito perto de casa, fiquei basicamente por causa da função Mãetorista.

Terminei de pintar a minha casa, pelo menos a parte de dentro, ainda um montão de coisas para colocar no lugar, mas vamos lá, se der tudo certo, vai dar certo. Quando estiver pronto, mostro aqui, tá?

Esta semana, o Vini se forma no ensino fundamental II, meus Deus, há 14 anos atrás ele era um tisquinho de gente e agora, um garotão lindo, indo para o ensino médio. Mas isto é coisa para outro post, né?

Fico por aqui, semana começando, chovendo lá fora, um monte de coisas para fazer e, vamos lá....

Boa semana pra todas, beijosssssssssss

Um comentário:

Roseane Lima disse...

Olá Val! muito obrigado pela visita,volte sempre...não tem como resistir ao poderoso minha família é toda preta e branca, só tira minha cunhada tricolor, por enquanto...rsrsrs...bjkas e fica com DEUS